PASTORES QUE ME INSPIRAM

Ao longo de minha vida tive o privilégio de conhecer alguns pastores que muito me inspiraram. A Bíblia diz “Lembrai-vos dos vossos pastores, que vos falaram a palavra de Deus, a fé dos quais imitai, atentando para a sua maneira de viver.” (Hebreus 13:7). O primeiro que destaco é o pastor Delcyr de Souza Lima, meu querido pai. Por ele fui batizado, e Deus usou uma de suas mensagens para convocar-me para o ministério da Palavra. Seu exemplo de amor à Bíblia marcou-me definitivamente. Fui abençoado também com um irmão pastor: Dinelcir de Souza Lima, que abandonou emprego de excelente salário e carreira promissora, porque queria dedicar-se totalmente à sua igreja. Podendo pastorear grandes igrejas, preferiu continuar pastoreando a mesma igreja que ajudou a plantar a quase trinta anos. Mesmo diante das tribulações continua firme na fé e no ministério, com a mesma alegria e entusiasmo do início de seu ministério.

Outro pastor que marcou-me profundamente foi o pastor Cornélio Dorta Bernardes. Era evangelista ardoroso e pastor sábio e paciente. Confiou a mim, ainda um jovem seminarista, tarefas de grande responsabilidade, para que eu pudesse aprender e amadurecer. Com paciência me orientava, conversando de igual para igual. Foi dele a iniciativa de promover a minha consagração ao ministério para servir como pastor à Primeira Igreja Batista em Taubaté.

Na infância conheci o pastor Zacarias Campelo, que sofreu doenças, perigos, privações, e a morte da esposa por amor aos índios, entre os quais foi nosso primeiro missionário. Já aposentado, em 1964 fundou em Recife a Igreja Batista em San Martin, a qual tive o privilégio de pastorear. Lá também conheci o pastor emérito daquela igreja, Helcias Câmara, que doutorou-se em teologia e filosofia nos Estados Unidos, mas cujas principais características eram humildade, amor, e fidelidade à Palavra de Deus.

Pastor Henrique Gomes foi um verdadeiro desbravador que há muitas décadas atrás percorreu a região da Serra Mar a cavalo e a pé espalhando o Evangelho e plantando igrejas, apesar do risco de assaltantes e onças. Foi ele quem nos apontou o distrito de Lumiar para iniciarmos trabalho missionário. Depois o pastor Márcio Lira apaixonou-se pelo trabalho missionário em Lumiar, e deixou tudo para mudar-se para lá com sua família, sendo até hoje uma grande bênção para aquela igreja. É pastor amoroso que sempre reparte bondade com suas ovelhas.

Não posso deixar de mencionar meu sogro, pastor José Viana de Paiva, exemplo de tenacidade, dedicação, e amor à Bíblia. Ensinou-me sua ricas experiências de 40 anos de ministério. E há, atualmente, os amados pastores e missionários de nossa igreja, que compartilham a mesma visão e são tão generosos em amor. Sem eles, o ministério seria mais árduo e menos profícuo.

Só posso reconhecer a imensa bondade de Deus colocando em minha vida esses pastores, e outros ainda que não caberiam aqui, que foram ou são instrumentos de Deus para nos edificar e inspirar. Espero tornar-me algum dia, pela graça de Deus, pelo menos metade do que eles são.

Pr. Dalton

admin